SANGUE E CHOCOLATE.
 EDITORA: Underworld.
 ANO: 2011.
 PÁGINAS: 254.

 SINOPSE: Sangue e Chocolate (Blood and Chocolate), escrito por Annette Curtis Klause, conta a história de Vivian Gandillon que saboreia a mudança, a dor doce e poderosa que a leva de garota à lobo. Com dezesseis anos, ela é bonita e forte, e todos os lobos jovens estão em seu pé. Mas Vivian ainda está de luto pela morte de seu pai; seu grupo continua sem um líder e em desordem, e ela se sente perdida nos subúrbios de Maryland. Ela deseja uma vida normal. Mas o que é normal para um lobo que precisa a todo custo esconder a sua identidade dos humanos? Vivian ganha a vida trabalhando numa loja de chocolates e acaba se apaixonando por um garoto humano, bom e gentil, gatoso um alívio bem vindo para ela. Continue lendo.

Comprei esse livro porque li umas resenhas bem favoravéis à ele e seria mais um pra minha coleção de livros dessa editora.

Vivian é uma garota extremamente bonita, que perdeu o pai em um incêndio cometido por humanos quando estes começaram a desconfiar de que sua tribo eram lobos. Ela gora vive com a mãe, uma mulher que mudou bastante depois da morte do marido e lider do bando, vivendo de maneira imprudente correndo atrás de lobisomens mais novos que ela. Apesar disso, Vivian se mostra bem madura para a idade, evitando o lobisomens novos que havia em seu bando, dos quais todos lhe alertavam que eram os únicos com os quais ela deveria se relacionar, sempre evitando os humanos.

Vivian acaba se atraindo por um garoto de sua escola, autor de um desenho de lobisomens, que se dizia desejar que criaturas sobrenaturais existissem, e é então que ela se sente mais confortável com ele, ponderando se poderia ou não contar para o garoto, mesmo que isso fosse proibido perante o seu bando.

A estória do livro não é nenhuma novidade, mas foi muito bem elaborada, o que nos fez ter a sensação de estar lendo algo novo. O bando é relativamente pequeno, com muitas confusões e personalidades diferentes umas das outras. Vivian não se manifesta muito nas discussões de quem terá que ser o novo líder, embora nós vejamos os seus pensamentos e concordamos com ela.

A protagonista é extremamente confiante, algo REALMENTE diferente em um livro. Ela não é a Bella, a Kelsey (que chega a se comparar com um rabanete ¬¬), nem mesmo a Clary. Ela sabe que é bonita e sensual e gosta disso, gosta de passar exatamente esta imagem às outras pessoas. O que, claro, causa inveja em algumas garotas e deixa os garotos muito atordoados.

No início eu confesso que não estava gostando muito, eu achava aquele garoto humano extremamente chato e sem atitude para estar com alguém como Vivian, e não senti nada firme a relação que ela manteve com os amigos dele, por mais que a personagem tentasse afirmar isso (contradizendo a personagem hein, Andressa). Mas a medida que as disputas pela liderança do bando foram se aproximando, o livro ficou mais interessante. E o final foi muito legal, aprovei totalmente o rumo que a autora deu para os personagens.

Enfim, recomendo com precauções: não procure nele o romance do século nem crie altas expectativas. É um bom livro, mas é o tipo de livro que vai se lido para passar o tempo e não devorado mesmo quando não temos tempo.

0 comentários:

O BLOG


Somos a Andressa e a Amanda (Táta) e estamos procurando deixar os bookaholics assim como nós cada vez mais por dentro do universo literário através de novidades e resenhas!

Followers

FOLLOW BY E-MAIL

ANDRESSA ESTÁ LENDO

TÁTA ESTÁ LENDO

LINK-ME


PARCEIROS

ARQUIVO

Tecnologia do Blogger.
.
.